"A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar." (Martin Luther King Jr)

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Corregedoria Nacional encerra agenda de inspeções com verificação no TJCE

A Corregedoria Nacional de Justiça encerrou, na sexta-feira (21/06), inspeção de rotina no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Os trabalhos contemplaram as unidades administrativas e judiciárias, bem como as serventias extrajudiciais da Capital e do Interior. O TJCE foi o 27º e o último tribunal estadual a receber a inspeção da Corregedoria Nacional sob a gestão do ministro Luis Felipe Salomão. As inspeções ordinárias estão atribuídas a Corregedoria Nacional pelo Regimento Interno do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o acompanhamento mais próximo das atividades do Judiciário nos 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. No encerramento do trabalho no Ceará, o coordenador da inspeção, desembargador Fábio Uchôa Montenegro, reforçou que as inspeções prezam pela celeridade e eficiência da Justiça brasileira. “É necessário que a Justiça brasileira tenha um nível de excelência comum a todos. Essa integração agrega forças, sentimentos, entusiasmos e uniformização”, pontuou. Ele afirmou ainda que, quando detectada alguma falha ou irregularidade, imediatamente são pensadas soluções e, muitas vezes, quando o relatório da inspeção é aprovado pelo Plenário do CNJ, os problemas já foram resolvidos. Em relação às boas práticas encontradas no Ceará, o magistrado destacou o bom funcionamento no 2º grau de jurisdição e elogiou a existência, no 1º grau, do Programa Tempo de Justiça, que atua para acelerar processos de crimes dolosos contra a vida. “É um projeto muito importante, que vem sendo cumprido com eficiência e deveria ser copiado pelo Brasil inteiro”, afirmou o coordenador da inspeção. O tribunal também apresentou a utilização exitosa do “Sistema Alice”, uma inteligência artificial que facilita a identificação de inconsistências que possam gerar dificuldades em editais de licitação. Ao longo da semana, a equipe da Corregedoria Nacional obteve acesso irrestrito a livros, documentos, sistemas e demais dados relevantes do TJCE. “Estamos conscientes e tranquilos que o tribunal vem melhorando ano após ano. Nós continuamos à disposição, abertos a críticas e sugestões, que certamente podem contribuir para o nosso crescimento”, destacou o presidente do TJCE, desembargador Abelardo Benevides Moraes, que conduziu a cerimônia na Escola Superior da Magistratura do Estado (Esmec). Agenda no Ceará O ministro Luis Felipe Salomão abriu a inspeção no TJCE na segunda-feira (17/6). Ao longo da semana, ele cumpriu agenda também com o governador do Ceará, Elmano de Freitas, e na Assembleia Legislativa do Ceará (Alece). O corregedor nacional também proferiu a palestra “A Atividade Correicional e as Escolas Judiciais: um novo olhar sobre o papel do Judiciário”, no Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT-CE). O objetivo do evento foi apresentar os desafios e as inovações na atuação do Judiciário brasileiro. Salomão apresentou visão abrangente sobre as atividades correicionais e o papel das escolas judiciais na modernização e aprimoramento do sistema judiciário. A juíza auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça Roberta Ferme também participou do evento. Agência CNJ de Notícias, com informações do TJCE Número de visualizações: 22
24/06/2024 (00:00)

Contate-nos

QUARTIERI SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Rua Cândido Carneiro  133
-  Vila Bom Jesus
 -  São José do Rio Preto / SP
-  CEP: 15014-200
+55 (17) 3364-0362+55 (17) 98107-0673
Visitas no site:  200518
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia